sábado, 17 de outubro de 2020

malevolência


sai de mim

com tua malevolência

sou mais fé

do que crença


sai de mim 

com teu ignorar

sou mais ser

do que estar


sai de mim

com teu olhar turvo

sou mais nada

do que tudo


sai de mim

com o teu rabo

sou mais demônio

do que o diabo

Nenhum comentário:

Postar um comentário