terça-feira, 2 de junho de 2020

Incerteza

Guiados pela incerteza, é assim que caminha e caminhou até hoje a humanidade. Desde que nossa espécie saiu da África, com esta vontade irrefreável de peregrinar, ela foi afetada pelo clima e pelos perigos existentes nos caminhos.
 Quantos não morreram comendo frutos e plantas venenosas? Nunca se teve certeza de nada, A única certeza é a morte e mesmo assim, na base da incerteza, botamos fé que existe algo para fazer numa outra vida depois dela.
A incerteza nos trouxe até aqui, isso é certo. Quando foi que trocamos o certo pelo incerto?
Quem disse que o planeta é nosso?  Moramos aqui, mas dividimos juntos com outros seres vivos. Inclusive a própria Terra é um ser vivo que habitamos, do mesmo modo, nosso corpo é habitado por bactérias e outros microorganismos que moram na gente.
Há mais insetos no planeta que toda a população de seres humanos, imagina então os microorganismos, é provável que o planeta seja na verdade deles.
Eles sempre estiveram por aqui antes da gente, nós somos apenas uma das mutações de um microorganismo unicelular que resolveu se multiplicar, dando origem às espécies.
Assim sendo, de tempos em tempos adquirimos doenças que viram febres, gripes ou pestes. que transformam-se em epidemias, pandemias e nos contaminam com o inesperado, adoecendo e morrendo. Talvez, são esses os momentos em que a seleção natural das espécies, resolve enfrentar os humanos.
Há os que mudarão seus hábitos, seus pensamentos, suas crenças, suas certezas inabaláveis, porém, a maioria não; isto não nos faz diferente de uma boiada em disparada.

domingo, 19 de abril de 2020

terra de ninguém

tudo o que o dinheiro pode pagar
não dá para comprar de modo assertivo
cave sua cova
cave sua latrina
estás meio morto
estás meio vivo
então sente necessidade
de fazer só o que tu pode fazer por ti

estamos na trincheira
de nome quarentena
terra de ninguém

de tanto que gostam do verde e do amarelo
a verdade é o que o amarelo e o verde estão morrendo
de inveja do vermelho
como quando o cérebro se esfacela
e o coração ainda fica a bater

a nuvem
com todas as informações choveu
tudo liquidou-se

sábado, 18 de abril de 2020

sábado, 11 de abril de 2020

operários dos milagres


o silêncio não é uma opção
"não sei" também não é opção
te dá medo?
não se trata de competência
é o trato com a experiência

mas os economistas só falam de nossas mortes
alguém quer salvar a economia?
salve homens, mulheres, crianças e velhos
verdadeiros operários dos milagres sem glórias

o que faremos sem você?
só nos resta ganhar
o tempo
em que o leão ainda não era o rei das selvas

quem disse que deus está vindo
sofre da velha doença sagrada
o destino é sangue
o caminho é guerra vulgar e sem cultura

não conte verdades a quem não quer ouvir
aquele que anda só
não gosta de andar sózinho
pois tem pensamentos selvagens
no pôr do sol do mundo onde habitas


domingo, 29 de março de 2020

ó pai

ó pai
quando chorei por ti
naquele golpe de tesoura
o quanto implorei que tu
não fosse feito de papel


esse mesmo papel
em que agora escrevo
só para memorizar a tua presença
que não assina o nome em folhas
nem usa tuas mãos para segurar por exemplo em tesouras

mãos confiantes trabalhadas talhadas
trabalhadoras, causadoras
de dores que hoje são minhas amigas
como as tesouras e o tesouro
que foi você ter existido

ó pai
tu também sabias que minha melhor amiga
era tua mulher a flávia, minha mãe
mas, como quem guarda um segredo
de homem para homem
ó pai deixa disso
somos grandes amigos

pai e filho
filho e pai 

sábado, 28 de março de 2020

tome enquanto estiver quente

é a hierarquia da dor
olhando os dentes do cavalo dado
pecados de fim de semana
religião onde a fé não entra
debate estilo babélico
claramente pessoal
perturbando mortos
matando vivos

tens a palavra dos homens
casamenteiras e carpideiras profissionais
soldados mercenários
além de versejadores
juntando os cacos que ainda estão de pé
fazendo-os andar até a idade média
com os corações fracos
batendo em plena batalha
mas
não nos preocupemos com isso
acreditamos piamente
na salvação transcendendo a verdade
quando tudo o que realmente tememos
são as mãos que se lavam em banhos de sangue

que tal continuar essa conversa
tomando chá?
faz bem para o corpo
desde que se deixe deus de lado
e
tome enquanto estiver quente

sábado, 21 de março de 2020

esconde-esconde

meus amigos de infância
estão brincando de esconde-esconde comigo
primeiro foi o beto
agora é o marcelo

resta a certeza de que um dia
a gente se encontra de novo
para brincar de pega-pega